Em melhor ano da carreira, Jonatas Belusso sonha com acesso e artilharia na Série B


Uma das principais contratações da série B do Campeonato Brasileiro deste ano certamente foi a do atacante Jonatas Belusso, contratado pelo Londrina após o jogador ter atuado pelo Brusque no primeiro semestre. Ótimo finalizador, Belusso tem se destacado em equipes de menor expressão do futebol brasileiro, e agora no Tubarão, mostra que mesmo aos 29 anos pode ser muito útil até mesmo em equipes de maior nível técnico. 

O jogador, artilheiro do Catarinense 2017 ao lado do colombiano Rentería, com 11 gols, chega à 12ª rodada do Brasileirão com 9 gols em 11 partidas disputadas. Contando mais um gol marcado pelo Brusque na Copa do Brasil, Belusso já está com 21 gols, e está na segunda posição da artilharia do país em 2017, atrás apenas de Henrique Dourado, do Fluminense, e Fred, do Atlético-MG, ambos com 22 gols. "É bacana ver que estou fazendo um ano tão bom quanto o deles O Henrique e o Fred são referências pra mim. Estou muito feliz e espero, com humildade, chegar ate o fim da temporada nesse ritmo e, quem sabe, ser o artilheiro do Brasil. O segredo é continuar trabalhando forte", disse o atacante com exclusividade ao Escrevendo Futebol.

Além dos gols, o atacante também contribui com passes, somando 10 assistências na temporada. O atleta, nascido em Francisco Beltrão, já vestiu a camisa de outras 16 equipes, e embora tenha mostrado seu faro golador em outras temporadas, tem feito em 2017, o melhor ano de sua carreira. "Já rodei bastante, fiz gol por onde passei, mas com certeza este ano estou tendo um destaque ainda maior. Consegui a artilharia no Campeonato Catarinense e agora estou brigando também na série B. Estou muito feliz e me considero pronto para qualquer desafio", comentou. 

Depois da derrota frente ao Internacional, na estreia, por 3 a 0, Belusso marcou seu primeiro gol com a camisa alviceleste já na rodada seguinte, diante do Brasil de Pelotas no empate em 1 a 1. Depois, contra o Luverdense, marcou dois dos três gols da vitória por 3 a 1, e pra completar a noite insana ainda foi expulso. Depois, marcou os três gols da vitória sobre o CRB fora de casa, e em três rodadas consecutivas balançou as redes uma vez em cada partida: no empate em 2 a 2 com o Juventude, na derrota por 3 a 1 para o Figueirense, e na vitória fora de casa sobre o Paysandu, por 2 a 1. Na partida mais recente, contra o ABC, não marcou gols, mas participou da vitória de 3 a 1 com outras duas assistências. A artilharia chamou a atenção de outras equipes. Na última semana, o jogador foi procurado por uma equipe da Coréia do Sul, país no qual Belusso já havia atuado. Apesar do assédio, o gestor do Londrina, o empresário Sérgio Malucelli, garantiu que o atacante permanece no Café até o fim do ano.

Apesar do bom desempenho individual, o Londrina ainda não engrenou na briga pelo G4 da Série B. Inconstante, o tubarão do técnico Cláudio Tencati tem feito muitos pontos fora de casa e deixado a desejar quando joga em casa. No momento, a equipe está na 7ª colocação, quatro pontos atrás do Vila Nova, 4º colocado. "Começamos o campeonato um pouco abaixo. Acho que temos encontrado o equilíbrio agora e estamos evoluindo na competição. Temos time para brigar lá em cima e tenho certeza que é o que faremos. Os últimos jogos mostram isso", afirma Belusso, que também exaltou o trabalho do técnico Cláudio Tencati.  "O Tencati conhece muito o grupo, sabe como tirar o melhor da equipe. Eu sei que ele está trabalhando por isso (entrar no G4) e nós, que abraçamos o projeto, estamos também na mesma pegada", finalizou. Para seguir mostrando a boa forma e lutar pelo acesso, Belusso e o Londrina já tem novo desafio marcado. No sábado, 15, o Tubarão recebe no Estádio do Café o Boa Esporte pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário:

Tecnologia do Blogger.