O futebol do Afeganistão


A história do Afeganistão é longa e coberta de conflitos entre os mais diversos povos. Importante trecho de passagem entre a Ásia Central e o Oriente Médio, o território afegão foi palco de campanhas de Alexandre O Grande e Ghenghis Khan, de longa disputa entre a União Soviética e o Império Britânico, e por fim, mais recentemente, esteve sob domínio estadunidense. Isso sem contar os muitos conflitos internos. Naturalmente, isso influenciou e prejudicou o desenvolvimento de muita coisa na sociedade afegã, entre elas o futebol. A população afegã é majoritariamente formada pelos Pachtun, grupo étnico caracterizado por seu tribalismo e pela prática do islamismo como religião, além de possuir idioma próprio. Essas questões culturais também impediram que o futebol avançasse de maneira dinâmica como em outros países próximos, como no Irã ou no Iraque. 

O futebol foi introduzido no Afeganistão ainda no início do século XX, na época em que quem comandava o país era o uzbeque Habibullah Khan, emir do país entre 1901 e 1919 durante a dinastia Barakzai, Um dos primeiros afegãos a receberem treinamento, na Habibia High School, em Kabul, foi o poeta e político Abdul Hadi Dawai. No início da década de 20, foram realizadas algumas competições entre equipes escolares, de jovens e de refugiados. Em 1922, foi fundada a AFF (Afghanistan Football Federation).

Os primeiros clubes de futebol como conhecemos, foram formados apenas a partir das décadas de 30 e 40. Em 34, nasceu o Mahmoudiyeh FC. O segundo clube da história do futebol afegão foi formado apenas em 1941. O Ariana Kabul FC não é apenas destacado por sua antiguidade, mas também por sua importância dentro do futebol local, sendo o maior campeão da liga de Kabul e por ter sido a base do primeiro time que representou a seleção nacional. A primeira partida da seleção aconteceu em 1948 contra o Irã. No mesmo ano a AFF se filiou à FIFA, e em 1954 foi uma das federações fundadoras da Confederção Asiática de Futebol. Ainda em 48, a seleção afegã fez sua única apresentação em um torneio majoritário, disputando uma fase preliminar dos Jogos Olímpicos de Londres, perdendo por 6 a 0 para o selecionado de Luxemburgo. A seguir, a ficha técnica da partida:

Luxemburgo 6x0 Afeganistão
Fase preliminar dos Jogos Olímpicos de 1948
Jogo 2 - 26/07/1948
Estádio: Goldstone Ground
Público: aprox. 5000
Árbitro: A. C. Williams (ING)
Assistentes: A.W. Smith (GBR) e W.E Dellow (GBR)
Gols: Gales (2), Paulus (2), Kettel e Schammel.

Luxemburgo: Michaux, Pauly, Jean Feller, Raymond Wagner, Victor Feller, May, Gales, Kremmer, Kettel, Paulus e Schammel. Técnico: Jean-Pierre Hoscheid. Reservas: Camille Wagner, Nurenberg, Guth, Magnani. Becker, Schumacher, Konter, Rewenig, Welter, Birtz e Steffen.

Afeganistão: Abdul Ghafoor Assar, Gharzai, Yusufzai, Azimi, Barakzai, Abdul Kharot, Mohamad Kharot, Afzal, Ghani Assar, Tajik e Mohammad Yusufzai. Técnico: Não havia. Reservas: Mohamedzai, Aitimadi, Tokhi, Azami e Sadat.

Nas décadas seguintes, o selecionado se limitou à disputa de amistosos, torneios menores e a três tentativas de qualificação para a Copa da Ásia. Da metade da década de 80 até 2002, não houve nenhuma partida disputada pela seleção nacional. A partir de 2002, o Afeganistão voltou a fazer parte das competições, como as Eliminatórias para a Copa do Mundo, Copa da Ásia, entre outros torneios menores, entre eles, a SAFF Championship, competição que os Leões de Khurasan sagraram-se campeões em 2013.

SAFF CHAMPIONSHIP 2013, O PRIMEIRO TÍTULO DA SELEÇÃO AFEGÃ

De pé: Mohammad Yousef Kargar (técnico) Faqiryar, Mustafa Hadid, Sandjar Ahmadi, Mujtaba Faiz, Yusef Mashriqi e Fakhruddin;
Agachados: Mohammad Rafi, Farzad Ghulam, Mustafa Azadzoy, Mohammad Maruf e Balal Arezou.

O ponto alto na história do futebol afegão aconteceu em 2013, na disputa da SAFF Championship, torneio que reúne seleções do sul asiático. Essa edição foi sediada no Nepal, e foi a sexta participação afegã, que já havia conquistado um vice-campeonato, em 2011. Na primeira fase, o Afeganistão ficou no grupo B com Butão, Maldivas e Sri Lanka e se classificou para as semifinais em segundo lugar, com 7 pontos, ficando atrás de Maldivas apenas pelo saldo de gols. Na semifinal venceu os donos da casa, o Nepal, pelo lacar mínimo, e na grande final derrotou a Índia por 2 a 0, encerrando o torneio com apenas um gol sofrido.


O CAMPEONATO AFEGÃO

Atualmente, há duas ligas de futebol no país. A Kabul Premier League, mais tradicional competição organizada do país, mas restringida apenas a equipes da capital (e bem pouco documentada), e a Afghan Premier League, liga bem mais organizada e recente, criada para promover o futebol nas 34 províncias do país. O que se sabe, é que a Kabul Premier League teve um decacampeonato do Ariana Kabul entre os anos de 1946 e 1955. Depois de décadas de hiato e de alguns retornos, a liga foi restabelecida nos anos 2000, com a equipe do Ordu Kabul tendo maior destaque. Já a Afghan Premier League foi inaugurada em 2012, com o patrocínio da Roshan, empresa de telecomunicações do país. A captação de talentos para as equipes foi realizada através de um reality show que contava, inclusive, com a participação do público.

Oito equipes disputam a liga, que é disputada em formato de Copa do Mundo em pouco mais de um mês. Abaixo, um pequeno infográfico com o escudo e o número de títulos de cada equipe:


A seguir, o pôster dos campeões das cinco edições disputadas até aqui:

2012 - Toofaan Harirod


2013 - Shaheen Asmaye



2014 - Shaheen Asmaye



2015 - De Spin Ghar Bazan



2016 - Shaheen Asmaye


Nenhum comentário

Deixe seu comentário:

Tecnologia do Blogger.