Agora é pra valer: estaduais entram na reta final


#Publieditorial

Em meio às críticas pelo nível técnico, pelos formatos e pela rentabilidade, enfim, os estaduais chegam naquele momento onde as coisas realmente acontecem: o mata-mata. É a hora daquele time grande perder pra zebra e entrar em crise ou de eliminar um rival e entrar no modo "empolgou". E também é um bom momento de fazer uma graninha apostando nos azarões ou nos favoritos. Fizemos um guia do que esperar das eliminatórias nas competições que já estão se encerrando.

Você pode apostar em todos os jogos usando o código de bônus bet365.

Campeonato Paulista

Apesar do confuso regulamento do Paulistão, os quatro grandes de São Paulo passaram para as quartas-de-final, curiosamente, em chaves separadas. Ou seja, há uma boa chance de as semifinais contarem com o trio de ferro da capital e com o Santos, repetindo o que aconteceu no torneio de 2015. O Corinthians, que contrariando as expectativas iniciais, realizou ótima campanha, enfrenta o Botafogo de Ribeirão Preto. Embora o timão esteja em uma boa fase e seja o favorito, não dá para descartar a Pantera, que apesar de não ter vencido nenhum confronto contra os grandes em 2017, empatou com o São Paulo em 1 a 1, e fez jogo dura nas derrotas diante de Palmeiras e Santos. 

Na segunda chave, o São Paulo pega o Linense. O Tricolor, que ainda procura se adaptar ao técnico Rogério Ceni, teve muitos problemas defensivos, mas encerrou sua participação na primeira fase quebrando uma sequência de 13 jogos consecutivos sofrendo gols. O time do Morumbi, apesar de tudo, é franco favorito nessa disputa. O time de Lins, que também não venceu nenhum grande, pode se espelhar no Novorizontino, que arrancou um empate do São Paulo na primeira fase. O Tigre irá encarar o poderoso Palmeiras, que mesmo priorizando a Libertadores, conseguiu fazer a melhor campanha até aqui. 

Fechando as quartas-de-final, o Santos encara a Ponte Preta. Esse talvez seja o confronto mais equilibrado. Não apenas pelo nomes das equipes, mas pela fase que cada time se encontra. Enquanto o Santos se mostra instável e vive problemas com salários, a Ponte Preta, embora tenha tido troca recente no comando técnico, conta com o atacante William Pottker, artilheiro do Brasileirão 2016, e que lidera a artilharia estadual com 7 gols, ao lado d Gilberto, do São Paulo, e de Henan, do Santo André. 

Campeonato Carioca

No cariocão, os semifinalistas da Taça Rio ainda não foram definidos, mas a probabilidade de dar G4 novamente é grande. Basta o Botafogo vencer a Portuguesa da Ilha do Governador marcando dois gol, independente do saldo, e o Vasco vencer o Boavista na noite desta quinta-feira. É claro, que na prática isso não será tão fácil, já que ambas as equipes menores também lutam pela classificação. 

A edição de 2017, é de longe uma das mais desinteressantes dos últimos anos, muito devido ao regulamento esdrúxulo. Só para ter uma ideia, o artilheiro do certame, o atacante Max, da Cabofriense, com 8 gols, enfrentou apenas três equipes no famigerado grupo X, que rebaixou duas equipes para disputar a segunda divisão no mesmo ano, e deixou as duas equipes "campeãs", sem um calendário decente para o resto do ano. Parabéns para a FERJ. 

Campeonato Gaúcho

Apesar do investimento maior, a dupla Gre-Nal não conseguiu sobrar nesta primeira fase. O Grêmio, com outras prioridades, como a Libertadores, ficou na quarta posição. O Inter, recém rebaixado para a série B nacional, ainda tenta se encontrar e ficou apenas na sétima posição. Mas agora, no mata-mata, a tendência é que os dois gigantes façam valer suas folhas salariais. 

O Novo Hamburgo, sensação da primeira fase, enfrenta o São José, que complicou para a dupla Gre-Nal, empatando com o Grêmio por 1 a 1, e dando sufoco no Inter, que acabou vencendo por 2 a 1. O Tricolor gaúcho encara o Veranópolis e é franco favorito a passar. O Inter encara o Cruzeiro, que é a equipe que menos perdeu na competição, sofrendo uma única derrota, diante do Grêmio. Fechando as quartas-de-final o clássico de Caxias do Sul entre Caxias e Juventude. Na primeira fase, deu Caxias pelo placar mínimo.

Campeonato Mineiro

Ainda restam duas rodadas para o fim da primeira fase, e Atlético e Cruzeiro já estão classificados para as semifinais. O América, terceira força e atual campeão, já está com a passagem para a próxima fase bem encaminhada. A briga é boa pela última vaga. Por enquanto, o Tombense é o quarto colocado com 14 pontos, mas Uberlândia, URT, Caldense e Tupi seguem na cola na tabela de classificação.

Campeonato Paranaense

A primeira fase se encerrou ontem e os confrontos foram definidos, por enquanto. Isso porque a competição deve ser paralisada enquanto o julgamento final do J.Malucelli não for definido. A equipe de Curitiba havia perdido 16 pontos pela escalação irregular do atacante Getterson em três partidas. O TJJD devolveu os pontos preliminarmente. Caso o Jotinha seja novamente punido, a classificação será alterada e o Jotinha será rebaixado, salvando assim o Toledo. 

Até lá, os confrontos estão assim definidos: o Paraná Clube, que está fazendo um ótimo início de temporada, encara o clássico com o Atlético, que atuou toda a primeira fase com um time reserva e agora deve entrar com força máxima. O Coritiba, de atuações bastante irregulares, pega o frágil Cascavel. O Cianorte, melhor equipe do interior até o momento, enfrenta o Prudentópolis, e o J.Malucelli, caso tenha os pontos mantidos, faz difícil duelo com o Londrina. 

Imagem: Yuri Casari/Do Rico ao Pobre

Campeonato Baiano

Assim como o mineiro, o baianão está encerrando sua primeira fase agora. Vitória, Fluminense de Feira e Bahia já estão nas semifinais. A Jacuipense, quarta colocada, precisa de apenas uma vitória para se classificar. Na penúltima rodada enfrenta o fraco Jacobina, e na última, caso não vença, tem confronto direto com o Vitória da Conquista. 

Campeonato Cearense

As semifinais do cearense acontecem em três partidas sem saldo como critério de desempate, relembrando o futebol de décadas atrás. O Ceará, time de melhor campanha, encara o Guarani de Juazeiro, enquanto o maior rival, o Fortaleza, faz o clássico diante do Ferroviário, terceira equipe do estado que vinha sofrendo há anos, e que no seu retorno à elite surpreendeu e conseguiu chegar entre os quatro primeiros.

Campeonato Pernambucano

Aqui estava fácil apostar. No hexagonal da segunda fase, deu a lógica. Faltando duas rodadas, Santa Cruz, Sport e Náutico já estão classificados para as semis. A única surpresa foi a liderança do Salgueiro.Basta um empate para se garantir com a melhor campanha.

Campeonato Alagoano

Em Alagoas, começou na quarta-feira, 29, a segunda fase, com boa vitória de 3 a 0 do CSA sobre o CEO. O CSA é um dos favoritos junto de CRB e ASA. Murici e Santa Rita, de campanhas discretas na primeira fase, completam o hexagonal, que define os semifinalistas. 

Campeonato Paraense

Embora ainda falte uma rodada para o fim da primeira fase, os semifinalistas já estão definidos. O Paysandu enfrenta o São Raimundo e o Remo encara o Independente de Tucuruí. Já se foram os anos em que a dupla Re-Pa tinha amplo favoritismo, e apostar em uma zebra aqui não seria uma má ideia.

Campeonato Mato-grossense

No Mato Grosso já estamos nas semifinais. O Sinop, de Jean Chera, enfrenta o União Rondonópolis em um confronto difícil de cravar o favorito. Mas ainda mais difícil de apostar, é o duelo entre as equipes mais bem estruturadas do estado, que coloca Luverdense e Cuiabá frente a frente. Aliás, vale lembrar que a princípio, o time de Lucas do Rio Verde pode estar fazendo suas últimas partidas em casa em 2017, já que no Brasileirão da série B, deve usar a Arena Pantanal por exigência da CBF. 

Campeonato Sul-Matogrossense

Aqui estamos nas quartas-de-final. Em um estado com equilíbrio nas forças, não é nada fácil acertar os vencedores. O tradicional Operário quer reviver as velhas glórias e fez boa campanha na primeira fase, e agora encara o Urso de Mundo Novo. O Corumbaense enfrenta o União ABC. Na outra chave, o também tradicional Comercial enfrenta o Sete de Dourados, enquanto o Águia Negra, time de melhor campanha, encara o Novoperário, dissidência do Operário que segue buscando afirmação no cenário regional. 

Campeonato Brasiliense

Em Brasília, a última rodada que definirá os quadrifinalistas acontece no fim de semana. Brasília e Taguatinga já estão rebaixados, e com o miolo da classificação embolado, muita emoção é garantida. No mata-mata, a tendência é que Gama, Ceilândia e Brasiliense alcancem as semifinais, já que sobraram e muito na primeira fase. 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário:

Tecnologia do Blogger.