William Foulke, o jogador mais gordo da história


Recentemente, jogadores gordinhos ou acima do peso se transformaram em alvos constantes de chatas e modorrentas discussões em mesas redondas e programas de debate esportivo. Mas por sorte, o futebol é para todos, inclusive para atletas de medidas avantajadas. O goleiro Juca Baleia e o atacante Ronaldo, são grandes exemplos disso, sem trocadilhos. Mas o maior exemplo, e aí sim, no sentido literal, foi um personagem lá da época amadora do futebol. William Henry Foulke, conhecido como Fatty, chegou a alcançar cerca de 152 kg, e ainda por cima tinha estimados 1,93 metros de altura. Algumas fontes indicam que ele teria pesado até mais, ultrapassando os 160 kg.

Nascido em 12 de abril de 1874, iniciou sua carreira no futebol em 1894, aos 19 anos, pela equipe do Sheffield United. Se destacou rapidamente pelo seu tamanho mas também pela qualidade como goleiro. Ágil, tinha a vantagem de não perder divididas, em uma época em que a regra permitia o chamado "jogo de corpo" nos goleiros. Destaque da equipe no vice-campeonato nacional de 1896-97, teve uma oportunidade de defender a seleção da Inglaterra, em 29 de março de 1897, em um amistoso contra o País de Gales, vencido pelos ingleses por 4 a 0. Um ano depois, comemorava junto de seus companheiros o título de campeão do Campeonato Inglês.


Na temporada seguinte foi a vez de levantar a taça da FA Cup, então competição mais importante do futebol inglês. Em 1899-00, novo vice-campeonato nacional. Em 1900-01, o Sheffield chegou mais uma vez à final da FA Cup, mas acabou derrotado pelo Tottenham. 



Em 1901-02, o clube chegava a uma nova decisão do torneio eliminatório, mas dessa vez, conquistou o bicampeonato, diante do Southampton. Mas foi preciso dois jogos para superar o adversário. Na primeira partida, após o empate de 1 a 1, Willie, como também era chamado, ficou revoltado, pois para ele, o gol de empate dos Saints havia sido irregular. O goleirão saiu do vestiário sem roupas para perseguir o árbitro, tendo que ser contido por várias pessoas. Como naquela época as sanções ainda não eram bem estabelecidas, Foulke jogou a segunda partida e foi decisivo para o título. Aliás, Foulke possui uma importância gigantesca para a história do Sheffield United. Depois dessa conquista, o time voltou a vencer a FA Cup apenas outras duas vezes, em 1915 e 1925, e não levanta uma taça desde a segunda divisão da temporada 52-53. 

Reza a lenda que o tradicional canto inglês "Who ate all the pies" teria sido cantado pela primeira vez por torcedores do Sheffield em 1984, direcionado ao goleiro. "Não me importo do que me chamam, apenas quero que não me chamem atrasado para o almoço", dizia. Além de bom keeper, Foulke também se destacava no cricket, esporte bastante popular no Reino Unido. Em 1900, fez algumas partidas pela Derbyshire County Cricket Club.


Em 1905 deixou o Sheffield e disputou 35 partidas pelo Chelsea, então na segunda divisão, e como capitão. Mas no fim da temporada, já em 1906, se mudou para o Bradford City, também da segundona. Jogou apenas mais uma temporada e se despediu dos gramados. No total, atuou em 299 partidas pela elite do futebol inglês, e somou 411 jogos em toda a carreira. É o 22º jogador que mais vezes entrou em campo pelo Sheffield United, com 352 jogos. Foulke deixou este mundo em 1º de maio de 1916, aos 42 anos, vítima de cirrose.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário:

Tecnologia do Blogger.