Guia do Campeonato Sergipano 2016


O Sergipano de 2016 possui uma das fórmulas mais simples, e até certo ponto justas do Brasil. As 10 equipes participantes se enfrentam em turno único na 1ª fase. As quatro piores, disputam o quadrangular do rebaixamento. As outras seis equipes se enfrentam em ida e volta pelo hexagonal. Quem conquistar mais pontos, é o campeão.

Amadense

Longe de ser favorito, o Amadense ainda inicia o campeonato sem treinador. Faltando menos de uma semana para a competição, o técnico Toinho Baiano deixou o clube 15 dias após ter sido contratado. Não ser rebaixado já será uma vitória.

Boca Júnior

Tricampeão da segunda divisão do Sergipe, a simpática equipe de Estância ainda não conseguiu se firmar na elite, e ainda sofreu um duro golpe antes do início do certame. O atacante Danilo Pereira dos Santos, de apenas 25 anos, faleceu vítima de um infarto. O jogador foi encontrado morto no alojamento em que o clube fazia a concentração.

Confiança

Atual bicampeão, o Confiança será comandado por Betinho, que conta com o retorno do jovem zagueiro Lucas Rocha, que estava emprestado ao Palmeiras. Outros reforços são o zagueiro Carlinhos, de 31 anos e com passagem pelo futebol grego, o lateral-esquerdo Izaldo, ex-Náutico, o meia Júnior Paraíba que já jogou pelo Atlético-MG e o atacante Warley Oliveira, ex-Vitória-ES.

Dorense

A tradicional equipe voltou à elite após conquistar seu primeiro título profissional, a série A-2. O treinador será Elenílson Silva, que terá como destaque em campo o lateral Amaral e o atacante Negueba, emprestados pelo Confiança, e o volante Tião, ex-Amadense;

Estanciano

Por muito pouco, o Estanciano não conquistou seu primeiro título na história no ano passado. Ao menos, o vice-campeonato estadual garantiu o time na Copa do Nordeste e na Copa do Brasil. Como reforço, a equipe comandada por Iedo Camargo trouxe o atacante Elias Pepeta, ex-Rio Branco-ES.

Guarany

Longe da elite desde 2012, não terá grandes nomes no elenco, formado com a ajuda de uma empresa baiana. O técnico será Élio Miranda

Itabaiana

Terceiro maior campeão do estado, não leva o caneco pra casa desde 2012. Os principais reforços são os meias Lineker Matos, ex-Paysandu e Felipe Sertânia, ex-Sampaio Corrêa, que conversou com o Escrevendo Futebol. "Temos que ter os pés no chão, mas também saber da responsabilidade de honrar esse camisa, temos cobranças porque todos sabemos o potencial de cada um, então vamos fazer de tudo para chegar nas fases finais e ser campeão, se Deus quiser", conta o jogador. O comandante do Itabaiana será Nadélio Rocha



Lagarto

Herdeiro do antigo Lagartense, a equipe atual vem evoluindo em termos de resultado. No ano passado, fez a melhor campanha de sua história, terminando em terceiro. Para esse ano, o técnico Edmilson Santos conta com os reforços do zagueiro Jefferson Santos, do meia Gabriel Goiano e do goleiro Emanuel.

Sergipe

O maior campeão do estado espera se recuperar do péssimo estadual feito em 2015. Para esse ano, a aposta é o experiente técnico Roberval Davino, que deve lançar o jovem atacante João Vitor, de apenas 17 anos. O meia Victor Palito é outro destaque.

Socorrense

O comandante da equipe que vem realizando boas campanhas na elite será Guidon, que terá um elenco formado basicamente por jovens jogadores da região. O nome mais conhecido é o volante Rivaldo, revelado pelo Vasco e com passagens por diversas equipes do Nordeste, e até mesmo em Portugal e nos Emirados Árabes.

Agradecimento: Celso Fernando Jung

Nenhum comentário

Deixe seu comentário:

Tecnologia do Blogger.