Guia do Campeonato Goiano 2016


O Campeonato Goiano terá um regulamento um pouco confuso. As dez equipes estão divididas em dois grupos, e se enfrentam em três turnos. Os líderes de cada grupo, mais as duas equipes que mais pontuaram independente de grupo, se classificam para as semifinais. Os dois últimos, também independentemente de grupo, serão rebaixados.

Grupo A

Anápolis

Ramon Menezes, meia de grande sucesso no futebol brasileiro agora está do outro lado, treinando uma equipe, que também conta com bons meias, como Toró, ex-Flamengo e Lenílson, ex-São Paulo.

Crac

A aposta do time é na juventude. Além da garotada e dos jogadores mantidos do ano passado, o técnico Julio Sérgio, ex-goleiro do Santos, é o mais novo do campeonato, com apenas 34 anos.

Goiás

Com a venda de alguns jogadores, o Goiás conseguiu montar uma boa equipe ao menos para levantar a taça no estadual. O retorno de Enderson Moreira, que já foi bicampeão também é um trunfo. Os principais reforços são o meia Daniel Carvalho, o atacante Rafhael Lucas e o lateral-direito Suéliton.

Itumbiara

O treinador Zé Augusto aposta na permanência dos experientes Rodrigo Calaça e Gladstone. Léo Gago, ex-Grêmio, também é um dos nomes conhecidos

Trindade

Sob o comando de Edson Gaúcho, a equipe do interior tem Davi Ceará, ex-Vila Nova, como principal contratação.

Grupo B

Anapolina

Como em quase toda temporada, a Anapolina monta uma equipe modesta, sem grandes nomes. O treinador é Jorge Saran, que fez boa campanha com o Goianésia ano passado.

Aparecidense

A equipe manteve a base do ano passado. O treinador será o ex-zagueiro Márcio Goiano.

Atlético-GO

Buscando retomar o caminho das glórias, o Dragão vai de Wagner Lopes no comando do time. Em campo, os destaques continuam a ser o goleiro Márcio e o atacante Junior Viçosa.

Goianésia

Dos destaques do ano passado, perdeuapenas Wndell Lira. Os experientes Luciano, Weslley e Nonato permanecem. Quem treina é Romerito, ex-Goiás e Sport.

Vila Nova

O Colorado voltou à série B do Brasileirão e também à elite do goianão, após o calvário da segunda divisão estadual. Márcio Frnandes segue no comando e além do atacante Frontini, vale destacar Wendell Lira, vencedor do Prêmio Puskás de gol mais bonito do ano de 2015.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário:

Tecnologia do Blogger.