Guia do Campeonato Brasiliense 2016


Simples e objetivo, o Candangão 2016 reúne 12 equipes que se enfrentam em turno único para definir oito classificados para a fase de mata-mata. Os dois últimos colocados da primeira fase são rebaixados diretamente.

Atlético Taguatinga

Campeão da série B, esse será a primeira participação do clube na elite, ao menos com o nome atual, já que antes de 2015, a equipe era o Atlético Bandeirante. O treinador também é um velho ocnhecido do futebol do Centro-Oeste. É o ex-zagueiro Jairo Araújo.

Brasília

Desde 87 sem ver o título estadual, o Brasília renasceu e espera que esse objetivo seja alcançado em breve. O líder para que isso aconteça é o lateral-direito Baiano, ex-Palmeiras e Boca Juniors e bicampeão candango. O técnico será o ex-cartola palmeirense Omar Feitosa.


Brasiliense

Em apenas 15 anos de história, o Jacaré conquistou oito títulos e empatou em conquistas com o Brasília, ficando atrás apenas do Gama na história do torneio, com 11 títulos. Sem levar o troféu desde 2013, chegou a hora da reconquista. Everton Goiano comanda a equipe que tem a volta do meia Ramón e do zagueiro André Luis.


Ceilândia

Emergente nos últimos anos, o Ceilândia do técnico Adelson Almeida aposta em nomes já conhecidos da torcida. Dos 27 jogadores apresentados, 14 já vestiram a camisa do clube, como os meias Kabrine e Vinícius. "Tivemos uma pré-temporada curta. Esse entrosamento que já existe entre eles é fundamental para uma boa campanha. Isso é importante porque pode te permitir a queimar algumas etapas da preparação e adiantar na formação de uma equipe base", contou o treinador do Ceilândia, em entrevista ao Escrevendo Futebol.



Cruzeiro

Boa parte do elenco de 2015 foi mantida e a aposta é no técnico José Lopes Risada, conhecido do futebol candango.

Formosa

Marquinhos Bahia será o comandante de uma equipe formada majoritariamente por garotos da base.

Gama

O atual e maior campeão do DF terá o italiano Amedeu Mangone como treinador. Em campo, destaque para o atacante Eric, ex-Icasa, o volante Abuda, ex-Aparecidense e o lateral-esquerdo Rodrigo Cardoso que estava no NK Zvijezda, da Bósnia.

Luziânia

Campeão em 2014 e quarto colocado no ano passado, a equipe goiana segue sob comando de Ricardo Antônio.

Paracatu

O time mineiro terá o comando de Gaúchinho, que inclusive já atuou pelo clube.

Planaltina

Mais uma equipe de fora do DF a jogar pela competição. Jorge Medina será o treinador.

Santa Maria

A equipe que por pouco não caiu no ano anterior, será comandada por Christian Ramos, responsável pelo acesso do Planaltina em 2015.

Sobradinho

Das equipes campeãs que estão nesta edição, é a que tem o maior jejum. O Sobradinho não levanta a taça desde 1986. O time será treinado por Juninho, e será formado por boa parte dos atletas que atuaram na Copa SP de Juniores.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário:

Tecnologia do Blogger.