Bola de Prata da Placar (1970-2014)


A Bola de Prata da Placar é o mais tradicional prêmio do futebol brasileiro. Instituído pela Revista Placar desde 1970, ano em que a publicação nasceu, a premiação tem como objetivo escolher o melhor jogador do Campeonato Brasileiro. Os criadores da Bola de Prata, inspirados na Bola de Ouro da revista France Football, foram os jornalistas Michel Laurence e Manoel Motta. 

O critério para a escolha dos vencedores é por meio da média das notas recebidas durante todo o campeonato. Jornalistas da Placar assistem todos os jogos e atribuem aos jogadores notas de 0 a 10. Ao final do campeonato, os jogador de cada posição com as melhores médias, levam a Bola de Prata. O jogador com a maior média geral, fica com a Bola de Ouro, instituída a partir de 1974. 

Apenas Pelé não era avaliado. Ficou decidido que o jogador seria hours-concours. O eterno camisa 10 do Santos recebeu seu prêmio em 28 de janeiro de 1971, em Paramaribo, em comemoração aos seus mil jogos. Mas o que Pelé fazia no Suriname? Estava lá para disputar um amistoso pelo Santos, contra o Transvaal. O jornalista e fotógrafo Lemyr Martins, foi o responsável por entregar o prêmio a Pelé. Anos mais tarde, o Rei do Futebol também recebeu uma Bola de Ouro.


Por considerarmos que o prêmio registra importantes nomes na história do futebol brasileiro, iremos realizar uma série de postagens listando todos os premiados ano a ano.

Aguardem!

Créditos das imagens: Placar/Lemyr Martins

Nenhum comentário

Deixe seu comentário:

Tecnologia do Blogger.