Os estaduais são ilusórios?


Segundo alguns especialistas, o Campeonato Estadual cria uma aura ilusória sobre o desempenho do time para o restante da temporada. Na boca destes, equipes fracas se saem bem nos "mórbidos" estaduais, e ao imaginar que possuem uma boa equipe, não se preparam ou reforçam o suficiente para a disputa de campeonatos maiores, como o Brasileirão. Será que isso realmente acontece? Renato Guimarães, colega de um grupo de discussões no Facebook, fez um levantamento que analisa a campanha dos campeões dos 4 grandes estaduais (RJ, SP, MG e RS), entre 2005 e 2014. Abaixo, a posição do campeão no Brasileiro somada a alguma campanha de maior destaque, como Libertadores, ou Copa do Brasil.

Campeões cariocas:
2005: 05º
2006: 12º
2007: 03º
2008: 05º
2009: 01º
2010: 06º
2011: 04º
2012: 01º
2013: 04º
2014: 10º

Excetuando-se 2006 e 2014, os campeões cariocas, em regra, tiveram ótimos resultados no brasileiro, no mínimo disputando vaga na Libertadores até o final (2005, 2008 e 2010).

Campeões paulistas:
2005: 11º + campeão da libertadores
2006: 04º
2007: 02°
2008: 04º
2009: 10º + campeão da copa do brasil
2010: 08º + campeão da copa do brasil
2011: 10º + campeão da libertadores
2012: 08º
2013: 10º
2014: --- (Ituano campeão)

Entre 2005 e 2011 o campeão estadual sempre teve um ótimo desempenho em âmbito maior, conseguindo títulos nacionais/internacionais (que além de demonstrar força, justifica também em parte os desempenhos medianos nos brasileiros) ou conseguindo vaga na Libertadores. Em regra também, o campeão costuma entrar forte para o resto da temporada.

Campeões gaúchos:
2005: 02º
2006: 03º
2007: 06º
2008: 06º + campeão da sul americana
2009: 02º
2010: 04º
2011: 05º
2012: 10º
2013: 13º
2014: 03º

Também o campeão sempre entrando forte no âmbito nacional, com exceção de 2012 e 2013.

Campeões mineiros:
2005: --- (Ipatinga campeão)
2006: 10º
2007: 08º
2008: 03º
2009: 04º
2010: 13º
2011: 16º
2012: 02º
2013: 08º + campeão da libertadores
2014: 01º

O único campeonato que os campeões patinam um pouco mais, mas que mesmo assim, em 5 de 10 anos analisados, o campeão mostrou força e teve sucesso nacionalmente/internacionalmente.

E aí, os estaduais realmente iludem torcida e diretoria, ou são bons laboratórios para a sequência do ano? 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário:

Tecnologia do Blogger.