Análise geográfica do futebol na Iugoslávia


Abaixo, uma análise geográfica das forças do futebol na antiga Iugoslávia e como está o futebol nos países, hoje independentes, mostrando as participações destas equipes e seus títulos na primeira divisão (não são contadas as copas nacionais). As informações utilizadas foram encontradas neste arquivo da RSSSF, com dados corrigidos e novos dados adicionados  por mim. Qualquer correção, favor entrar em contato no e-mail escrevendofutebol@gmail.com.

Bósnia-Herzegovina
163 presenças divididas entre 7 clubes, com três títulos para duas equipes

43 ( 2) Sarajevo 
38 Velez Mostar 
34 ( 1) Zeljeznicar Sarajevo 
25 Sloboda Tuzla 
17 Celik (Zenica) 
15 Borac (Banja Luka) 
1 Iskra Bugojno

O Sarajevo, primeiro time bósnio a ser campeão iugoslavo, em 67. Após o estabelecimento da liga local, a partir da temporada 2000-2001, o Sarajevo conquistou o título apenas uma vez, em 2007. Já o Velez Mostar, um dos clubes mais bem sucedidos do país, sempre ficou no quase. Foi três vezes vice-campeão e outras quatro vezes na terceira colocação. Atualmente, vive certo ostracismo no futebol local. O Zeljeznicar Sarajevo sempre foi uma das três principais equipes do país. Após a independência, transformou isso em hegemonia, e é o maior campeão da história da liga local, com 5 conquistas. Venceu o campeonato iugoslavo em 72. Outros 21 clubes alcançaram a segunda divisão.

Montenegro
35 presenças divididas entre 2 clubes

26 Buducnost Titograd (atual Podgorica) 
9 Sutjeska Niksic

O futebol montenegrino nunca foi muito desenvolvido. E duas equipes monopolizaram as participações na liga iugoslava, e jamais alcançaram o título ou chegaram perto disso. O Podgorica sempre foi o maior clube do país e se manteve assim, conquistando duas vezes o título montenegrino, disputado desde 2006-2007. O Sutjeska Niksic é o atual bicampeão da liga. Outras 11 equipes disputaram a segunda divisão.

Croácia
172 participações divididas entre 9 clubes, com 11 títulos para duas equipes

46 ( 7) Hajduk Split 
46 ( 4) Dinamo Zagreb 
29 Rijeka (ex-Kvarner) 
18 Zagreb 
13 Osijek 
10 Lokomotiva (Zagreb) 
5 Dinamo Vinkovci 
3 Tresnjevka (Zagreb) 
2 Split

Talento nunca faltou na Croácia. E isso pode ser conferido pelas conquistas dos dois maiores clubes, o Dinamo de Zagreb e o Hadjuk Split. O time de Split foi sete vezes campeão iugoslavo, e o Dínamo conquistou outras 4 vezes. Na liga croata, o Dínamo tomou o posto de clube mais bem sucedido, e possui 16 conquistas, sendo as últimas 9 em sequência. O Hadjuk tem 6 conquistas. O Croatia Zagreb, possui 5 títulos. Outros 22 clubes disputaram a segunda divisão.

Macedônia
39 presenças divididas entre 5 clubes, com 1 título revogado.

34 (1) Vardar Skopje 
2 Rabotnicki (Skopje) 
1 Pobeda Prilep 
1 Pelister Bitola 
1 Teteks (Tetovo)

Com raras exceções, apenas o Vardar Skopje representou os macedônios na liga iugoslava e foi o campeão na temporada 86-87, mas uma decisão da corte iugoslava deu o título ao Partizan. A confusão é digna de nosso STJD. Vale a pena pesquisar sobre. O Vardar segue como maior clube, tendo 7 títulos macedônios. O Rabotnicki é outra força, com 4 conquistas. Outros 7 clubes chegaram a segunda divisão.

Eslovênia
28 presenças divididas entre 3 clubes

22 Olimpija Ljubljana 
5 Maribor 
1 Nafta Donja Lendava

O momento atual do futebol esloveno apresenta uma inversão de forças. O Maribor se tornou o principal time do país, e possui 12 conquistas locais. Outros 10 clubes disputaram a segunda divisão.

Sérvia
274 presenças divididas entre 14 clubes, com 30 títulos para 2 equipes

46 (19) Crvena Zvezda (Beograd) 
46 (11) Partizan Beograd 
34 OFK Beograd 
30 Radnicki Nis [ex-14 Oktobar] 
9 Radnicki Beograd 
6 Napredak (Krusevac) 
6 Bor 
5 Rad Beograd 
5 Radnicki Kragujevac 
3 Metalac (Beograd) 
3 Zemun [ex Galenika] 
2 Nasa Krila Zemun 
2 Macva Sabac 
1 Crvenka

A superioridade numérica é obviamente da Sérvia. A hegemonia entre Estrela Vermelha e Partizan continuou na nova nação, mas com uma grande vantagem do Partizan. Desde 2006, quando da separação com Montenegro, o Partizan venceu 8 títulos, e o Estrela Vermelha, apenas 2. Outras 20 equipes disputaram a segunda divisão.

Kosovo
6 presenças divididas entre 2 clubes

5 Pristina 
1 Trepca Kosovska Mitrovica

Outros 5 clubes jogaram a segunda divisão.

Vojvodina
69 presenças divididas entre 5 clubes, com 2 títulos para uma equipe

41 ( 2) Vojvodina (Novi Sad) 
15 Spartak Subotica 
9 Proleter Zrenjanin 
3 Novi Sad 
1 Sloga Novi Sad

Outros 9 clubes disputaram a segunda divisão.

Trieste
3 presenças de um clube

3 Ponziana

Sim, um clube italiano jogou na Iugoslávia. O território Livre de Trieste foi uma região disputada entre Itália e Iugoslávia. A Triestina sempre jogou o campeonato italiano, enquanto a Ponziana se aventurou nos Balcãs.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário:

Tecnologia do Blogger.