Não me iluda desse jeito, Internacional

Em dia de homenagens a Fernandão, Internacional goleia o Flamengo por 4 a 0 no Beira Rio. Atuação de gala, reacende esperanças de título.

Como é bom ver seu time jogar bem e aplicar uma goleada em um dos maiores times do país, mesmo que o adversário esteja em combalido estado. Com a postura que tem que ter sempre, o Inter dominou o Flamengo, e construiu a vitória com naturalidade, deixando o resultado barato pela apresentação feita. Para se ter uma ideia, Willians merece uma nota 6,5, tamanha a harmonia do time. O que me deixa muito iludido. Ver a partida de ontem, só me faz pensar no troféu de campeão brasileiro, mesmo estando 6 pontos atrás do líder Cruzeiro. O que me deixa ressabiado, é lembrar que ainda não vencemos fora de casa, fator primordial para um favorito ao título. Antes da bola rolar, merecidas homenagens ao nosso Capitão América.


Desde o apito inicial, o Inter mostrou que não seria surpreendido. E logo aos 15 minutos, em jogada ensaiada perfeitamente executada, o placar foi aberto. D’Alessandro cobra falta no segundo pau, Juan escora pro meio, e Rafael Moura completa, balançando a rede pela terceira vez no Brasileirão.. Na comemoração, fez questão de mostrar e reverenciar uma camisa de número 9. Logo após o gol, o chileno Aránguiz deixou o campo com dores, e Abel Braga promoveu a estreia do argentino Martin Luque, que realizou um bom jogo.

O Inter seguiu no comando da partida, e caminhava para um magro placar antes de ir para o intervalo. Mas aos 45, Chicão dá carrinho imprudente em Wellington Silva, e o árbitro Sandro Meira Ricci, que apitou na Copa do Mundo de 2014, marca a penalidade máxima e expulsa o zagueiro flamenguista. Na cobrança, o capitão D’Alessandro bate bem e amplia o marcador.

Na segunda etapa, com um jogador a mais, o Clube do Povo teve ainda mais facilidade para chegar a meta adversária. O terceiro gol saiu aos 12 minutos. Roubada de bola no meio campo, D’Alessandro avança pela direita e inverte o jogo para a esquerda. Fabrício pega de sem-pulo e marca um golaço!

Muitas outras chances foram criadas e desperdiçadas. Mas aos 32, Alex, que havia acabado de entrar, recebe cruzamento de Fabrício, e estufa as redes. 4 a 0. E dava pra ter feito mais. Mas não é bom reclamar de barriga cheia. O Internacional subiu 3 posições e é o 5º colocado, com 19 pontos. O próximo duelo é no sábado, dia 26, contra o Bahia, no estádio da Fonte Nova.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário:

Tecnologia do Blogger.